Responsabilidade Emocional

responsabilidade emocional

Se fosse para resumir a ideia de responsabilidade emocional em uma palavra seria: EMPATIA! Sim, a maravilhosa capacidade de se colocar no lugar do outro, o mínimo de sensibilidade ao lidar com o outro para não machucar e iludir corações alheios.
.
Já teve a experiência de sair com uma pessoa que FALA que quer exatamente tudo que você quer e, depois de um pequeno problema ou algum “deslize”, essa pessoa simplesmente diz que você entendeu errado? Ele realmente quer tudo que você quer, mas ele NÃO quer isso com você! Pesado, né? Eu sei, mas quanto antes você perceber isso, melhor é para você mesma.
.
Responsabilidade emocional é quando eu entendo que a pessoa que está se relacionando comigo também tem sentimentos e que as suas ações podem, sim, feri-la.
Voltando ao assunto desta série de posts. Por que a responsabilidade emocional é necessária? Nós nos relacionamentos com outro SER HUMANO, então o esperado é que você trate o seu parceiro da mesma forma com que gostaria de ser tratado. Óbvio que em algum momento o parceiro vai dizer ou fazer algo que irá te machucar e você também a ele, mas a questão é se há a INTENÇÃO de ferir o outro deliberadamente.
.
Outro exemplo, se você está saindo com alguém e você quer namorar com essa pessoa, mas há momentos em que ele dá sinais que quer a mesma coisa que você e, logo depois, se COMPORTA totalmente diferente disso. Então, por que simplesmente não ser honesto e sincero? Jogar limpo e expor todas as cartas, dizendo, “olha, fulana, eu gosto de estar e sair com você, mas meu objetivo não é namorar com você ou não é namorar agora”? Isso é responsabilidade emocional!
Nós temos uma parcela de responsabilidade nos sentimentos das pessoas com quem nos envolvemos. E se for apenas uma relação casual e breve? Também temos o mesmo nível de responsabilidade. Ainda que seja sexo casual, você está se relacionando com outro ser humano que merece respeito! Talvez não pensemos muito sobre isso, mas todas as pessoas que passam na nossa vida têm uma história e tem um passado. Então julgamos um comportamento baseado no que vemos apenas naquele momento, mas isso não significa nada quando entendemos o todo, quando conhecermos melhor aquela pessoa que está na nossa frente.
.
Você é livre e pode se relacionar com quem quiser, mas lembre-se que essa pessoa tem uma história de vida que você não conhece e tem sentimentos e que você pode machucá-los dependendo da atitude que você decide tomar. Então, apenas reflita: eu estou tratando essa pessoa com o respeito e a honestidade que eu gostaria de ser tratado?!
.
Coisas são descartáveis, mas pessoas não!

Para saber mais sobre atendimentos e mentorias

https://jessicafayer.com/agendar-consulta/

.

NÃO ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO CANAL

Siga-me nas minhas redes sociais!!

➜ Instagram: https://www.instagram.com/jessicafayerpsicologia/

➜Youtube:https://www.youtube.com/channel/UCtn-Dk-DixhOtcSZR-Mmryw?view_as=subscriber

➜Podcast:

https://open.spotify.com/show/5XXIFL13pkaT7bjGtU7MfI?si=ESU7-597Raa1uZwG6ExMQA&dl_branch=1&nd=1

 

Compartilhe

Jessica Fayer - Psicóloga Online

Jessica Fayer

Psicóloga, Mestre em Saúde pela Faculdade de Medicina (UFJF) e Especialista em Saúde Mental, Políticas Públicas e Gestão Governamentala

Saiba mais
© 2022 Jessica Fayer. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por CriaTec